Palestras em todo o Brasil - Fale com o Professor Daltro - São Paulo 11 96300809 - Porto Alegre 51 32091008 - Caxias do Sul 54 32231213

Novidades
15 de Dezembro de 2015
Já fez o planejamento estratégico para sua vida?
Já fez o planejamento estratégico para sua vida?
Há duas semanas tomei um café com um gerente de planejamento estratégico de uma empresa média do setor de serviços. Ele me falou que a vida estava corrida, pois nessa época do ano sua tarefa era preparar o planejamento e o orçamento para 2016. É a fase de consolidar as informações vindas dos vários departamentos e coordenar o cronograma para o ano seguinte.

Falamos sobre o quanto o processo é exaustivo, cheio de idas e vindas, diferentes versões, até a apresentação final para a matriz. Quem participa ou participou de um planejamento assim sabe bem os desafios desse período. Acho que o que mais incomoda é o “retrabalho” constante e a necessidade de dar explicações mais do que detalhadas quando as metas propostas não são as esperadas pela alta liderança.

Em momentos de recessão, como o que vivemos hoje no país, a temperatura das discussões aumenta. Fazer o quê? Conviver com essa pressão faz parte do jogo!

Mesmo com sinais de cansaço e frustração estampados no rosto, esse gerente é um ferrenho defensor do planejamento como ferramenta para a empresa alcançar resultados esperados.

No curto e médio prazos. Concordo com ele. Apesar das mudanças constantes de cenário, saber onde se quer chegar, alocar recursos e pessoas em ações chaves, é o melhor caminho. E serve como bússola na hora de adaptar as decisões às mudanças que podem surgir.

Foi então que, no meio da conversa, perguntei se ele havia feito SEU planejamento estratégico pessoal. Senti um desconforto em meu interlocutor, pela cara de espanto que ele fez! “É claro que penso muito em meus objetivos de carreira, mas nunca apliquei instrumentos de planejamento estratégico nesse assunto", ele acabou dizendo, meio sem jeito.

Acredito que se é útil para uma empresa, o conceito de planejamento pode ser bem interessante também para a vida. Conversamos então sobre seis passos que fazem essa conexão:



1. Pergunte-se sempre “Quem sou eu?”.

Deixe de lado a versão que você coloca no currículo e reflita verdadeiramente sobre suas qualidades, deficiências e história de vida. O que fez você chegar até aqui? O que você superou? Quando falhou? O que conquistou até agora? Quais foram os momentos mais marcantes da sua trajetória? É possível achar algum comportamento padrão que permeia os grandes eventos da sua vida? Analise e coloque no papel, da maneira mais detalhada possível, os seus pensamentos.


2. O que quero ser e onde quero estar daqui a três anos?

Descreva com detalhes como você quer se ver nesse período. Que posição estará ocupando, em que tipo de empresa, em qual país? Que cursos terá feito? Que viagens realizou ou quais as novas línguas aprendeu? Use o bom senso, temperado com um toque de desafio, na hora de decidir o que quer para você.

Depois dos dois primeiros passos, escreva na parte de cima de uma folha as características e competências que você quer manter e quais você pretende acrescentar. Na parte de baixo escreva o que quer deletar ou mudar em você. Esse exercício é interessante, pois aumenta o autoconhecimento e dá maior clareza àquilo que você deseja fazer daqui para frente.


3. Quais são as minhas cinco prioridades para os próximos três anos?

Dessa resposta, irão surgir seus focos e as áreas onde irá canalizar sua energia daqui para frente. Não tente colocar mais do que cinco prioridades – se quiser, até reduza para três. É hora de fazer escolhas. Quem diz que vai fazer tudo acaba não realizando quase nada.


4. Defina cinco metas para 2016.

Nesta fase, é hora de nome aos bois. Que curso vou fazer? Quem pode ser meu mentor em um tópico no qual ainda sou falho? Quero estar entre os top 10 de vendas. O que fazer para alcançar isto? Acho interessante incluir metas pessoais. Fazer mais exercício, melhorar o relacionamento com alguém, ser mais bem-humorado ou mais paciente, se esforçar para ter mais tempo e rever amigos de infância... Detalhes são importantes pois darão clareza às metas.


5. Formalize a lista de desejos, para virar compromisso.

Tudo o que escrevemos tem mais chance de ser realizado, porque aumenta nosso compromisso. Escreva cada passo do seu planejamento e guarde (ou salve) em um local de fácil acesso.


6. Faça um checking-point a cada 15 dias.

Mesmo que você faça com rigor os cinco passos acima, há boas chances de que pouco disso se realize. Afinal tanta coisa muda todo dia em nossas vidas. Uma forma de aumentar as chances de bater suas metas é se perguntar (e responder) a cada 15 dias o que você fez em favor de cada um dos objetivos traçados. Uma boa dica é programar um lembrete no smartphone. O autogerenciamento aumenta o foco do que precisa ser feito. Coloque novembro como data para ter seu planejamento de 2016.


Você pode pensar que fazendo isso sua vida vai estar tão regrada e cheia de metas que vai ficar chata. Afinal, você já tem metas suficientes a cumprir na empresa. Por que, então, arranjar mais algumas? Porque saber onde investir energia é crucial. Há o tempo para a empresa. E deve haver o tempo para você e para quem está ao seu redor. O objetivo, afinal, é a vitória completa, no trabalho e na vida.

FONTE:
Sergio Chaia foi presidente da Nextel , Sodexho Pass e vice- presidente para a América Latina da Symantec. Participa de diversos conselhos e atualmente é chairman da Óticas Carol. Autor do livro Será que é possível?
Site: http://epocanegocios.com.br;

Novidades do Professor
Artigos do Professor
Artigos do Professor
Nossas imagens

Clique nas miniaturas para ver as imagens dos eventos realizados pelo Palestrante Professor Daltro.

Vídeos

Confira os vídeos das palestras ministradas pelo Palestrante Professor Daltro.

Enquete
O que ESTRESSA mais um Professor?
Os alunos;
Excesso de trabalho;
Conflitos interpessoas;
Os colegas sempre reclamando;
O salário;
A rotina de trabalho;
As fofocas;
O não trabalhar em equipe;
Bullying na escola
outros...

Enviar

Enquete
No seu trabalho, o que mais ESTRESSA ?
O chefe, coordenador, diretor, supervisor, etc.;
Os colegas;
A jornada de trabalho;
O salário;
Não tenho oportunidade de crescimento;
A rotina do mesmo trabalho sempre;
Não existe desafios;
Falta de treinamentos;
Não gosto do que faço;
outros...

Enviar

Enquete
O que lhe mais MOTIVA em seu trabalho?
O "status" da empresa no mercado;
Uma boa palestra ou treinamento;
O dinheiro (ou salário);
O seu chefe;
Clima organizacional da empresa;
Os colegas de trabalho;
Um novo desafio dentro da empresa;
Plano de carreira;
Os benefícios dessa empresa;
outros ...

Enviar

Enquete
Uma curiosidade ! Você é da EDUCAÇÃO ou EMPRESA?
Educador
Empresa

Enviar

Palestrante | Professor Daltro | CLIQUE E LIGUE GRÁTIS PARA O PROFFESOR DALTRO
contato@professordaltro.com.br